Gutman Uchôa de Mendonça: Destruindo o país

4 de maio de 2014
...é preciso que a sociedade brasileira, principalmente aquela parcela de pouca imaginação, que volta nessa gente que está no poder a troco de migalhas, como o Bolsa família, indague:

- “Foi para pilhar os cofres públicos que vocês conquistaram o poder?”

Diante da catástrofe que se abate sobre o governo de Dilma Rousseff, a presidente outro dia em Minas Gerais, onde foi distribuir máquinas com as prefeituras, teve a “gentileza” de dizer com um corajoso e invejável cinismo: “Não recuaremos um milímetro da disputa política”.

As circunstâncias do momento que a política nacional atravessa, nos levam a fazer algumas conjecturas: será que dona Dilma está confiante mesmo que seu nome será sufragado nas urnas como ela e seu padrinho Lula desejam?

Não vejo fórmulas de se apagar da mente da sociedade a vergonha que é o processo do mensalão. O descobrimento dos negócios da Petrobras, com ou sem CPI criará na nação uma dúvida tão grande que ouso até dizer, pode não haver eleição, do tumulto questão armando correntes da sociedade que se comunicam através das redes sociais, enojados com o que está acontecendo com o Brasil.

Ex Ministro da Saúde, Padilha, e ex-vice da Câmara dos Deputados, André Vargas. Padilha chegou a dizer que não conhecia o deputado


Para culminar com todas as patifarias que estão ocorrendo no governo Dilma, salta ao meio dos escândalos a figura grotesca do vice-presidente da Câmara, André Vargas, enrolado até o gogó, em processos de favorecimento a um doleiro preso, com mil e uma trapaças!

Só falta vir à tona agora o negócio dos frigoríficos, que rola por aí, mas que deve entrar no rol das coisas que irão contribuir, pelas suas podridões, para por um fim a essa gente sem escrúpulos que tomou conta do Brasil.

É realmente impressionante a cara de pau de dona Dilma, ao tentar desmistificar seu envolvimento, como presidente do Conselho Deliberativo da Petrobras, na decisão que aprovou, da compra da refinaria de petróleo de Passadena, no Texas, Estados Unidos, onde, presume-se, a Petrobras, que é uma empresa nacional, teve um prejuízo de um bilhão de dólares, devido a clara incapacidade gerencial da nossa dirigente.

Sob pressão de Lula, Vargas renunciou à vice-presidência da Câmara dos Deputados e, em seguida, diante dos escândalos, pediu licença por 60 dias da condição de deputado pelo PT do Paraná.
Some-se a cada ano Lula e Dilma no poder do Brasil, a perda de 100 anos de atraso no campo do desenvolvimento social e econômico, se não bastasse a questão moral!

Estão imitando o ditador Getulio Vargas. Porca memória!

COMENTAR

COPYRIGHT© 2007-2014 Don Oleari Ponto Com - Todos os direitos reservados - aldeia verbal produções e jornalismo - CNPJ: 15.265.070/0001-49