Sobressalto nacional

28 de outubro de 2013
Tenho mostrado minhas dúvidas com relação ao desenvolvimento nacional, nos seus aspectos econômicos, sociais e políticos.

A falência nacional em termos de educação da sociedade e da generalizada corrupção que afeta todos segmentos sociais, notadamente os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, é qualquer coisa alarmante, em virtude da endemicidade, que se pode caracterizar de crônica, porque vem desde os primórdios da colonização, como nos conta a história.

Assistimos, presentemente, se arrastando de forma vergonhosa o julgamento do mais famoso processo da nossa história jurídica, o mensalão, o assalto aos cofres públicos por uma chusma de políticos sem nenhum escrúpulo e, interessante na mais alta corte de Justiça do país, o Supremo Tribunal Federal, depois de um julgamento chamado de “histórico”, não se sabe ainda onde chegarão aqueles doutos proprietários das mais altas posições judiciárias, com suas dubiedades , de como prender tais assaltantes....

- Foto de manifestação na Reta da Penha, Vitória/ES. "Fotogarfada" da página da jovem amiga Lara Vieira Saneto.

Devido a má fama das nossas classes dirigentes, há 49 anos, mais precisamente em 31 de março de 1964, foi preciso uma intervenção militar para colocar o país nos eixos. Interessante, quase cinco décadas depois, esse mesmo pessoal que quase destruiu a nação, nascido das entranhas do movimento militar que promoveu o maior movimento de recuperação social e econômica da nossa história, retomou ao caminho daquela corrupção que provocou a tomada do poder num atestado eloquente de que essa corja não tem escrúpulos a medir.

Em junho último, grupos sociais, cansados de assistir a retomada da corrupção, de forma avassaladora, com a aproximação de novos pleitos eleitorais, saiu em passeata pelos centros mais importantes e, numa fúria surpreendente, passa a invadir, destruir instituições públicas, como o Congresso Nacional, Assembleias Legislativas, Câmaras Municipais, Palácios da Justiça, repartições diversas e o sistema bancário.

Vejam que o alvo do que chamam de black bloc (estão adivinhando semelhanças) são os endereços onde ocorrem os episódios mais estranhos no campo da c orrupção endêmica. Por que os organismos públicos, de forma generalizada, vivem em greve
e o sistema bancário nacional?

Essa gente está destruindo o país. Black bloc neles...

COMENTAR

COPYRIGHT© 2007-2014 Don Oleari Ponto Com - Todos os direitos reservados - aldeia verbal produções e jornalismo - CNPJ: 15.265.070/0001-49